quarta-feira, setembro 14, 2005

Sexo na Aldeia




Manhã... Primeiro café na única padaria aberta em toda a aldeia, distribuição geral de Bons-Dias para aqui e para ali.

Eis senão quando, já com os neurónios a trabalharem a cerca de 50%, via primeira dose de cafeína do dia, vejo aproximar-se um daqueles vultos redondos e pretos, lenço na cabeça e um sorriso de orelha a orelha:

- Bom dia, Menina
- Bom dia, Dona Alice
- Menina., que mal lhe pergunte... O Senhor Professor esteve mal dispostinho esta noite, esteve?


Mal disposto? Mmmm... Ora vejamos... A noite até que nem foi nada má, com umas acrobacias pelo meio e respectiva pesca do vestuário no fim da sessão (em cima do candeeiro, por baixo da cama, “Como é que isto foi aqui parar?”, ao pé da porta... ) mas... Mal disposto? Que eu visse....

- Não, Dona Alice, acho que não... Só se foi quando eu estava a dormir...

- Ai, Menina, deve ter sido isso, deve... É que eu ouvi uns Ais tão tristes, Menina, assim uns arranques, sabe? E pensei cá para comigo “Coitadinho do Senhor Professor, deve estar mal dispostinho”... Até pensei bater-lhe à porta, Menina, mas o meu homem não deixou, disse que se fosse preciso a Menina chamava...


Antes de abrir a boca num sorriso com todas as tonalidades do amarelo, o pobre do cérebro já estava a trabalhar a 100%. E agora, o que é que eu digo? O olhar inquisitivo da minha interlocutora não deixava fuga possível... Tinha de dizer qualquer coisa...

- Muito obrigada, Dona Alice, o Senhor Professor está bem, esteve só um bocadinho enjoado de noite, deve ter sido qualquer coisa que comeu...

O olhar de alívio da Dona Alice indicou-me que, desta, já estava safa... Ou não....

- Ai, Menina, ainda bem! A Menina faça-lhe um caldinho, que eu mato-lhe uma pita fresquinha, vai ver que isso passa. Mas olhe que o meu homem nunca faz barulho quando enjoa, Menina... Também, o pobrezinho já quase nunca enjoa! E eu que o diga!


Pois... A gargalhadinha maquiavélica não enganou ninguém... Enjoado, o tanas!

- Até logo, Dona Alice... Tenho de ir...
- Vá com Deus, Menina... Se quiser a pitinha diga, que eu vou -lha lá levar, não se esqueça!


Segui, a tomar nota mentalmente que temos de mandar forrar o quarto com cortiça ou outra treta qualquer... Por causa dos enjoos, já se vê!

Maria, 14/09/2005

4 Comments:

At 8:01 da tarde, Blogger papagaio said...

ehehe sinceramente aconselhote a cortiça eu forrei o meu todinho e voila é perfeito

 
At 10:17 da tarde, Blogger Maria vai c'as ostras said...

Obrigado... agora só tenho que arranjar um "forrador" discreto que não diga nada à Dona Alice! Volte sempre, caro Papagaiooooo!

 
At 11:06 da tarde, Blogger Uxka said...

A pureza e ingenuidade das gentes da aldeia é sempre algo refrescante...D. Alice tramadinha!

 
At 8:46 da tarde, Blogger sonia said...

bem... o que eu me ri a ler isto. lembrei-me logo da terrinha da minha avó...
beijinhos

 

Enviar um comentário

<< Home





my pet!


referer referrer referers referrers http_referer
Web Site Counter
Counters