terça-feira, novembro 29, 2005

Porque existe e dói - II

SERVIÇOS DE APOIO À VÍTIMA DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

AMCV - Associação de Mulheres Contra a Violência
Telef. 21 3802165
Dias úteis, das 10.00 às 18.00

APAV - Associação Portuguesa de Apoio à Vítima
Telef. 707 200 077
Dias úteis, das 10.00 às 13.00 e das 14.00 às 17.30

Comissão para a Igualdade e para os Direitos das Mulheres
Telef. 21 7983000
Dias úteis, das 09.99 ás 18.00

SOS - Voz Amiga (Angústia, solidão e prevenção do suicídio)
Telef. 800 202 669 / 21 3544545 / 22 8323535 / 239 721010
Das 21.00 às 24.00

SOS - Número Nacional de Socorro
112
24 horas por dia


ALGUMAS ESTATÍSTICAS ALARMANTES

- 43% dos casos de violência contra as mulheres ocorrem dentro do espaço doméstico;
- 89% dos casos de violência doméstica são perpetrados pelo conjuge ou companheiro da vítima;
- 75.5% das vítimas de violência doméstica suportam-na, de forma continuada, há mais de dois anos;
- 95% das vezes, os filhos assistem aos actos de violência;
- 60 mulheres são mortas, todos os anos, pelos companheiros, só no nosso país.


SAIBA RECONHECER OS SINAIS DA VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

A vítima, típicamente, apresenta:

- Ansiedade
- Depressão
- Faltade aoto-confiança
- Ataques de pânico frequentes
- Isola-se de amigos e familiares (por vergonha ou imposição do agressor)
- Problemas de sono e alimentação
- Tem nódoas negras frequentemente, justificando-se muitas vezes com frases do género "bati com a cabeça no armário", "caí das escadas", "tropecei no tapete", "sou muito distraída"...


COMO PODE AJUDAR

- Aconselhar a vítima a contactar os serviços de apoio disponíveis;
- Fazer a denúncia à PSP, GNR, Ministério Público ou Instituto de Medicina Legal (a violência doméstica é um crime público, o que significa que não tem de ser a própria vítima a apresentar queixa da situação, podendo esta ser apresentada por terceiros que dela tenham conhecimento).

(via Amnistia Internacional - Secção Portuguesa, Núcleo Defesa dos Direitos da Mulher. www.amnistia-internacional.pt )

Maria, 29/11/2005

2 Comments:

At 9:50 da tarde, Blogger MINETE REAL said...

Parabens pelo teu post. Nunca é demais divulgar. Pena que a maioria das linhas seja so em horarios de secretaria. É que ser vitima obedece a horários.
Bom feriado!
Beijo Humido

 
At 5:54 da tarde, Blogger Maria vai c'as ostras said...

Infelizmente, assim é - mas algumas destas instituições, como a AMCV, disponibilizam um contacto personalizado permanente caso a caso, se assim se justificar após o primeiro contacto.

Mesmo assim, é bom saber que sempre há quem se interesse e tente fazer alguma coisa, mesmo que seja só em horário de secretaria... Jinhos, e obrigada pela visita.

 

Enviar um comentário

<< Home





my pet!


referer referrer referers referrers http_referer
Web Site Counter
Counters