quinta-feira, janeiro 05, 2006

Parabéns a você


Quando eu era pitorrita, fazer anos era ter uma festita organizada em casa, com um bolo mais ou menos artístico feito pela minha mãe, e com alguns amigos convidados para criar o cáos na vizinhança, pelo menos por algumas horas. Adultos e crianças juntavam-se no mesmo espaço e, no meu caso, a “alma” da festa era o meu Avô, divertido e com um jeito especial para tudo o que era criança.

Ora bem, serve esta introdução para explicar que nem sempre o progresso traz melhoria de condições ou qualidade. É que eu ando em plena pesquisa para encontrar um sítio para fazer a festa dos 6 anos da minha piquena, de preferência sem me levar à falência ainda antes da festa propriamente dita...

Com palhaços, sem palhaços, com decoração, sem decoração, com ou sem saquinhos de tretinhas para os putos todos, com ou sem bolo de aniversário incluído, mais o tema da festa - Barbie? Hello Kitty? Digimons? Disney? A Mãe A Pedir Esmola à Porta Da Igreja Depois De Pagar Isto Tudo?

É claro que festa de aniversário que se preze não é uma... São duas! Primeiro, a festa num sítio qualquer onde os pais despejam os putos e os vão buscar 3 ou 4 horas depois (é nesta altura que a Maria enfia com dois Brufens e respira fundo durante 5 abençoados minutos de intervalo), e depois a festa com as avós, as tias e os tios, os primos e as primas, mais aquela tia velhota que nunca aparece a não ser para aspirar literalmente quantidades astronómicas de bolo e de croquetes. É nesta fase que se podem ouvir frases tão originais como “Estás tão crescida!” e “Anda cá, meu amor, dá cá um beijinho” (esta última inevitavelmente seguida de um BLHÉÉÉC! sonoro por parte da aniversariante, e correspondente vergonha e desculpa esfarrapada por parte da mãe da dita).

Em suma, o desespero instala-se, os Brufens começam a escassear e já só me apetece passar a pasta a outro! E ainda falta um mês!

Prometo vir cá contar tudo, depois... Isto, é claro, se conseguir sobreviver...

2 Comments:

At 12:48 da tarde, Anonymous LolaViola said...

Boa Sorte.. daqui a uns anos ela vai querer sair SÒ com os amigos... E vais ter saudades destas festas dos 6 anos :-)
***

 
At 9:05 da tarde, Anonymous Sorriso Teu said...

Bolas...que saudades dessas festas....era tudo tão mais simples....:)
Ainda não tenho prole para poder dar valor ao seu "sofrimento" mas concordo com a Lola...daqui a uns anos há-de querer estar com ela e ela a fugir para junto dos amigos....Aproveite...:)
Um sorriso meu para si :)

 

Enviar um comentário

<< Home





my pet!


referer referrer referers referrers http_referer
Web Site Counter
Counters