domingo, fevereiro 19, 2006

Puro Desejo (momento de pura loucura)



Quero teus seios maduros, redondos
Crescidos, macios, de água feitos
Quero assim senti-los, dois mundos,
Mares e continentes, contornos perfeitos

Quero a tua pele na minha, quente,
O teu toque de mulher, sábio, atento,
Quero tuas mãos, teus dedos, frementes
Tua carne rija, teu beijo ardente

Desejo-te feminina, inteira, sem pudor,
Dentro de mim um instante, um dia só
Como se futuro e nada fossem tudo;

Quero-te sem pensar, e sem amor,
Para dormir depois, desfeita em pó
Esquecida de mim, de ti, do mundo

(a continuar?)

6 Comments:

At 2:55 da tarde, Blogger O_Chaga said...

sim senhora!
a continuar!

 
At 3:21 da tarde, Blogger tiovivi - aventuras e desventuras sexuais (...) said...

andas com as testoteronas em alta?

 
At 5:08 da tarde, Blogger Inha said...

Há quanto tempo eu não vinha cá...;)
Continua, pois...

Gostei muito do post sobre a lúcia...;)


P.S. Um amigo mandou-me tirar o corrector ortográfico da caixa de comments. Parece que os spamers sossegaram de vez. Eu tirei aquela seca. A ver vamos...

 
At 3:14 da tarde, Blogger Maria vai c'as ostras said...

Obrigada aos três - a ver vamos o que sai a seguir...

Que bom ver a Inha aqui outra vez! Fico à espera de mais visitas...

E, quanto às hormonas... Bom, ele há dias em que até se conquista o record mundial de salto em altura!

Jinhos, e voltem sempre!

 
At 5:45 da tarde, Blogger Victor Lazlo said...

O momento de poesia é fruto de experimentação?

 
At 12:01 da manhã, Anonymous Maria said...

Víctor - pode ser, pode não ser... Ou, como dizem os franceses: "That's for me to know and you to find out". Gostei da visita dos Frangos, e fico à espera de mais visitas... Jinhos

 

Enviar um comentário

<< Home





my pet!


referer referrer referers referrers http_referer
Web Site Counter
Counters