domingo, fevereiro 05, 2006


Ser feliz, mesmo que só por um instante, completamente feliz, é algo de raro na vida de cada um. A felicidade, por obra de uns quaisquer deuses caprichosos e, quiçá, com um tanto de mau feitio, costuma ser dispensada em pequenas doses, cuidadosamente medidas para não criar maus hábitos. É difícil sentir felicidade completa, incondicional, profunda.
Hoje, foi dia de aniversário cá em casa. A mais pequena fez seis anos, e eu... comemorei o sexto aniversário dessa felicidade perfeita que recebi no dia em que olhei para aqueles olhos fundos pela primeira vez. Devo à minha filha o ter conhecido tal estado de felicidade perfeita - e o ter sabido, pela única vez na vida, o que é olhar para um sonho feito gente, para uma beleza tal que anestesia as palavras e deixa espaço, tão sómente, para os sentidos e para o coração.
Diz a Bíblia que "Onde estiver o tesouro, ali estará o coração" . O meu tesouro fez seis anos. E eu... hoje, só hoje, sou a mãe mais feliz do mundo inteiro.
(Post piegas, eu sei... Mas é assim que eu me sinto.)

4 Comments:

At 10:59 da tarde, Blogger Caiê said...

:)
Parabéns!

 
At 11:17 da manhã, Blogger O_Chaga said...

PARABENS A TUA MENINA!!!!

 
At 10:45 da manhã, Blogger Maria vai c'as ostras said...

Obrigado aos dois, e obrigado pela visita. Voltem sempre... Jinhos!

 
At 12:55 da manhã, Blogger Uxka said...

Parabéns atrasados de uma Aquariana para outra. Beijos, catraia.

 

Enviar um comentário

<< Home





my pet!


referer referrer referers referrers http_referer
Web Site Counter
Counters